Qual o direito de credito do credor hipotecario?

Índice

Qual o direito de crédito do credor hipotecário?

O credor hipotecário – titular do direito de crédito que beneficia da hipoteca – tem o direito de ser pago com preferência ou prioridade sobre todos os credores que não beneficiem de privilégio creditório especial ou de prioridade de registo.

Como funciona o registo da hipoteca?

De facto, os bens imóveis e equiparados não podem ser facilmente ocultados ou sonegados, como acontece com a generalidade dos bens móveis. Além disso, em virtude do registo da hipoteca, não se levantam quaisquer dificuldades à execução dos bens onerados, mesmo que sejam depois transmitidos para o património de terceiro.

Como pode ser aplicada a execução fiscal?

A Execução Fiscal pode ser aplicada em caso do não pagamento de impostos, taxas governamentais, multas, rompimento de contratos, entre outros. Assim como os bancos e outras instituições financeiras, o governo também pode entrar com ações judiciais para não sofrer prejuízo pelo não pagamento de contas, chamado de execução fiscal.

Quando pode ser prorrogada a hipoteca?

A hipoteca pode ser prorrogada por um período de até 30 anos após a assinatura do negócio, mediante acordo de ambas as partes. Ademais, o credor pode requerer o imóvel de qualquer pessoa, nos casos em que o devedor não estiver mais com o bem.

Como a hipoteca pode ser constituída?

A hipoteca pode ser constituída para garantia de dívida futura ou condicionada, desde que determinado o valor máximo do crédito a ser garantido. Nestes casos, a execução da hipoteca dependerá de prévia e expressa concordância do devedor quanto à verificação da condição, ou ao montante da dívida.

Como é o registro da hipoteca?

O registro da hipoteca, inclusive, consta na matrícula do imóvel a fim de fazer a modalidade pública para casos judiciais. Ainda que o imóvel hipotecado seja o único da família, a instituição tem o direito de exigir a propriedade para o pagamento da dívida.

Qual a possibilidade de cancelamento de hipoteca?

Esse documento tem a designação de distrate de hipoteca. Há ainda outra possibilidade de cancelamento de hipoteca. Como referimos anteriormente, os bens hipotecados podem ser livremente vendidos, sendo nula a cláusula que proíba o respetivo dono de alienar os bens hipotecados (pacto comissório).

Por que a hipoteca fica garantida?

Na hipoteca, não é necessário que o proprietário saia do imóvel. O usufruto fica garantido, uma vez que a propriedade passou por um refinanciamento, ou seja, você poderá continuar morando na sua casa, somente passará por novo parcelamento em troca de crédito.

Como proceder após a homologação do quadro-geral de credores?

Após a homologação do quadro-geral de credores, aqueles que não habilitaram seu crédito poderão, observado, no que couber, o procedimento ordinário previsto no Código de Processo Civil, requerer ao juízo da falência ou da recuperação judicial a retificação do quadro-geral para inclusão do respectivo crédito. CONTESTAÇÃO À IMPUGNAÇÃO

Como fazer o registo de cancelamento de hipoteca?

Nesses casos, o dinheiro para realizar o pagamento integral da dívida vai ser obtido através da venda do imóvel. Deste modo, o pedido de registo de cancelamento de hipoteca (distrate de hipoteca) deve ser acompanhado do pedido de registo de aquisição por compra e venda desse imóvel e (eventual) constituição de uma nova hipoteca .

Como é feito o registro da hipoteca?

O registro da hipoteca é feito na matrícula do imóvel, para que seja público. Enquanto paga seu financiamento, o devedor poderá usufruir normalmente do seu imóvel. É nisso que a hipoteca difere do mecanismo utilizado no penhor. No penhor, a garantia é entregue ao credor enquanto a dívida não é quitada.

Qual a vantagem do empréstimo com hipoteca?

A vantagem do empréstimo com hipoteca é a possibilidade de se obter valores mais altos, com prazos mais longos e juros menores do que outras modalidades de crédito. No entanto, caso deixe de pagar a dívida, o devedor perderá o imóvel que ofereceu como garantia, sendo esse o principal risco da hipoteca.

Qual a eficácia da hipoteca?

A hipoteca firmada entre a construtora e o agente financeiro, anterior ou posterior à celebração da promessa de compra e venda, não tem eficácia perante os adquirentes do imóvel.

Quando a hipoteca fica extinta?

Se notificado, o credor hipotecário comparece, a hipoteca fica extinta. O mesmo se dá quando, notificado, não comparece ou se comparece, mesmo não notificado. Não havendo notificação, a hipoteca não se extingue e a alienação judicial não é nula e nem anulável.

LEIA TAMBÉM:   Onde se localiza a Nova York?

Qual a função do registro de hipotecas?

O código penal brasileiro classifica esse crime como estelionato e no caso mais extremo pode gerar inclusive à detenção do devedor. Nos casos em que a primeira hipoteca não for registrada, é função do responsável pelo Registro de Imóveis convoque o credor da primeira hipoteca para efetuar o registro.

Qual a modalidade de hipoteca mais importante?

É a modalidade de hipoteca considerada pela doutrina como a mais importante, uma vez que, ocorre devido a livre manifestação das partes, onde é celebrado contrato que o devedor, ora hipotecário, oferece um determinado bem imóvel ao credor, como garantia da obrigação contratual em caso de futura execução, caso haja inadimplência.

Como é realizado o estudo da hipoteca?

Hipotecário O estudo da hipoteca poderá ser realizado analisando o conceito, características, requisitos, espécies, prazos, formas de extinção, tipos de cédulas e demais assuntos que venham nos explicar sobre a relação jurídica.

Como posso solicitar um crédito hipotecário?

O bem imóvel ou equiparado pode pertencer ao credor ou a uma terceira pessoa, desde que a terceira pessoa concorde em hipotecar o seu bem como garantia do respetivo empréstimo. Como posso solicitar um crédito hipotecário? Pode solicitar um crédito hipotecário junto da entidade bancária onde vai fazer o seu crédito.

Quem é o corretor do negócio?

O corretor é obrigado a executar a mediação com a diligência e prudência que o negócio requer, prestando ao cliente, espontaneamente, todas as informações sobre o andamento dos negócios.

Qual a profissão de corretor de imóveis?

Com a grande expansão da atividade da construção civil em nosso país, resultado da especial atenção e dos investimentos recebidos do Governo Federal, uma das profissões diretamente impactadas foi a de Corretor de Imóveis. A profissão é regulamentada pela Lei 6.530/78 e é permitida ao possuidor de título de Técnico em Transações Imobiliárias.

Será que a instituição bancária pode recusar a hipoteca?

A instituição bancária que empresta dinheiro a uma pessoa poderá recusar-lhe o empréstimo se esta se recusar a constituir a hipoteca, mas, para comprar a casa, não a pode obrigar a hipotecá-la. Porque se trata de um acordo, aliás de um contrato, como tal celebrado voluntariamente pelos contraentes, chama-se voluntária esta hipoteca.

Como Vender um imóvel hipotecado?

Se você resolve vender seu imóvel hipotecado, portanto, é dever que conste em contrato a existência de hipoteca, fazendo com que o novo proprietário passe a dever as parcelas para a instituição bancária.

Após o cumprimento total do crédito à habitação, a instituição financeira envia ao devedor um documento onde afirma que a hipoteca foi dissolvida com o cumprimento da obrigação contratual. Esse documento tem a designação de distrate de hipoteca. Há ainda outra possibilidade de cancelamento de hipoteca.

Como os bens hipotecados podem ser livremente vendidos?

Na verdade, os bens hipotecados podem ser livremente vendidos, sendo nula a cláusula que proíba o respetivo dono de alienar os bens hipotecados (pacto comissório). Ora, se nada for feito a hipoteca acompanhará o imóvel.

Como a hipoteca pode ser arrecadada?

Na hipoteca, como o imóvel em princípio nem passou para a instituição financeira, o bem pode ser arrecadado. Entretanto, é muito mais complicado para essas instituições conseguirem recuperar o dinheiro emprestado, sendo geralmente necessário brigar na justiça para que isso ocorra.

Por que a hipoteca é considerada a garantia das garantias?

A hipoteca é considerada a rainha das garantias porque é a garantia que confere mais segurança ao credor quanto ao ressarcimento do seu crédito (com exceção dos privilégios creditórios especiais e do direito de retenção) e porque tem uma enorme importância prática.

A hipoteca pode ser constituída para garantia de dívida futura ou condicionada, desde que determinado o valor máximo do crédito a ser garantido.

Qual a finalidade da hipoteca?

Sendo assim tem como finalidade a hipoteca garantir o pagamento de uma dívida que, se não for paga, autoriza que seja alienado o bem com com hipoteca em Leilão judicial para pagar a dívida, podendo também o devedor requerer o bem para ele em troca da dívida, isso se chama adjudicação.

Qual a lei regulamentadora da hipoteca?

A primeira lei regulamentadora da hipoteca teve origem através da Lei 317/1843 e Decreto nº 842/1846, vindo posteriormente o Código Civil de 1916 que sistematizou o instituto da hipoteca juntamente com a Lei de Registros Públicos (6.015/73).

Como se procede ao registo da hipoteca?

Com efeito, tal como se procede ao registo da transmissão de propriedade do imóvel também se deve proceder ao registo da própria hipoteca junto da Conservatória de Registo Predial respetiva.

O direito de crédito do credor hipotecário é qualificado como crédito garantido, sendo graduado e pago em primeiro lugar. Mesmo quando a ação de cobrança de dívida é imposta por outro credor, a hipoteca voluntária garante que será o credor hipotecário a exercer o seu direito real sobre o imóvel hipotecado.

Quais são os documentos necessários para a escritura de hipoteca de imóvel?

Quais são os documentos necessários para esse processo? As pessoas devem comprovar suas identidades por RG e a propriedade dos bens a serem dados em hipoteca, por meio da matrícula. Com relação aos custos para realizar a escritura pública de hipoteca de imóvel, podemos destacar:

Quais são os embargos contra a penhora do imóvel hipotecado?

“Procedem os embargos de terceiro opostos pelo credor hipotecário contra a penhora do imóvel hipotecado, desde que não demonstrada a insolvência do devedor” (TJRJ, RT 424/207). Para tal, ensinou Enrico Tulio Liebman (Processo de Execução, 1968, pág. 143, 83):

Qual o tipo de escritura de um imóvel?

No que toca a escritura de um imóvel, existem alguns diferentes tipos, consoante o objetivo de concretização de negócio. Tome nota. Este é o tipo de escritura mais comum e o que oficializa a compra (e respetiva venda) de um determinado imóvel .

Como é feito o registo de cancelamento de hipoteca?

Nesses casos, o pedido de registo de cancelamento de hipoteca é acompanhado do pedido de registo de aquisição por compra e venda desse imóvel e eventual constituição de uma nova hipoteca (se o novo proprietário também recorrer a um crédito à habitação).

LEIA TAMBÉM:   Qual e o remedio para parar de espirrar?

Será que a hipótese extintiva é irrenunciável?

Convém ressaltar que esta hipótese extintiva só se aplica à hipoteca convencional, uma vez que a legal, inspirada num interesse de ordem pública, é irrenunciável.

Qual o prazo de execução do executado?

O executado pode não pagar no prazo de três dias e, no prazo de quinze dias, contados na forma do art. 915 do CPC, opor-se à execução por meio de embargos, independentemente de penhora (CPC, art. 914, caput).

Qual o direito do proprietário para pagar a hipoteca?

Ainda que o imóvel hipotecado seja o único da família, a instituição tem o direito de exigir a propriedade para o pagamento da dívida. Na hipoteca, não é necessário que o proprietário saia do imóvel.

Quais instituições realizam a hipoteca do imóvel?

As principais instituições bancárias do Brasil realizam a hipoteca do imóvel. Hipoteca da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Bradesco são alguns dos mais buscados por quem deseja garantir o empréstimo.

Como é o contrato de hipoteca de imóvel?

O contrato é feito entre solicitante e instituição financeira, que fornece o montante solicitado e passa a ter a propriedade imobiliária como garantia de pagamento em casos de inadimplência. Por ter essa garantia, a modalidade de hipoteca de imóvel é mais atrativa e oferece mais vantagens do que os empréstimos convencionais.

Qual o conceito de crédito hipotecário?

Conceito de crédito hipotecário Um crédito é um empréstimo que um sujeito ou uma entidade outorga a alguém, estabelecendo determinadas condições para a sua posterior devolução.

Qual o direito do devedor sobre a hipoteca?

Se, uma vez cumprido o prazo, o devedor pagar a totalidade da dívida, a hipoteca é levantada e o banco já no tem nenhum direito sobre a casa.

https://www.youtube.com/watch?v=qS6SZd6wL7M

Por que o mercado de hipotecas está em baixa?

O mercado de hipotecas no Brasil está cada vez mais em baixa. Há uma série de motivos para esse fator, um deles é a característica dos brasileiros de ter um zelo maior com o imóvel e, portanto, preferir não arriscá-lo. Além disso, as taxas de hipoteca no Brasil são elevadas, o que desestimula a adesão a essa alternativa.

Como funciona a hipoteca de imóvel?

Como funciona a hipoteca de imóvel? Muitas pessoas se questionam como funciona a hipoteca. A hipoteca, assim como a alienação fiduciária, é um mecanismo que, quando bem utilizado, favorece a ambas as partes, o credor e devedor. Isto ocorre, pois, a garantia física do bem imóvel reduz os juros pago pelo devedor bem como o risco corrido pelo devedor.

Qual o acordo entre credor e devedor?

O acordo entre credor e devedor, a implicar verdadeira novação, não pode prejudicar os codevedores e fiadores que não tenham anuído ou participado da avença. Art 341 – Corpo certo é o mesmo que coisa ceda, ou seja, objeto perfeitamente identificado em todos os seus contornos.

Como pode o credor exigir o pagamento antes do vencimento?

Em regra não pode o credor exigir o pagamento antes do vencimento, salvo: a) se executado o devedor e não sendo os seus bens suficientes ao pagamento do débito, for instaurado o concurso creditório, como se dá nas hipóteses de falência e insolvência civil;

Por que a hipoteca não prevê transferência do imóvel para o credor?

A hipoteca não prevê que a posse desse bem imobiliário e nem a propriedade do imóvel sejam transferidas para o credor quando o empréstimo é contraído. O que acontece é que, uma vez registrada a hipoteca, a instituição financeira que aceitou o imóvel como garantia pode entrar com uma ação judicial para reivindicar o bem em caso de inadimplência.

Por que a hipoteca não é usada para financiamento de imóveis?

Segundo Roberta Oka, especialista na área de financiamentos imobiliários da Loft Cred, as instituições financeiras não fazem mais hipotecas para financiamento de imóveis ou para conceder crédito com garantia de imóveis, a não ser em situações muito específicas. “Ela (a hipoteca) só é usada para alienar um grande empreendimento imobiliário inteiro.

Como funciona o refinanciamento?

Enquanto no financiamento o consumidor contrata uma linha de crédito para um fim específico, como a compra de uma veículo ou imóvel, no refinanciamento o bem é utilizado como garantia. Esse tipo de operação é bastante útil quando o orçamento sai do controle ou em caso de imprevistos.

Como funciona o refinanciamento de empréstimo?

Quando as parcelas do empréstimo começam a pesar no bolso, o refinanciamento de empréstimo pode ser uma boa alternativa para reorganizar as finanças. A solução possibilita melhorar as condições contratadas e até reduzir a taxa de juros, sendo uma alternativa de crédito saudável.

Qual a abrangência da hipoteca?

ABRANGÊNCIA A hipoteca abrange todas as acessões, melhoramentos ou construções do imóvel. Subsistem os ônus reais constituídos e registrados, anteriormente à hipoteca, sobre o mesmo imóvel. É nula a cláusula que proíbe ao proprietário alienar imóvel hipotecado.

Como se extingue a hipoteca?

Não havendo notificação, a hipoteca não se extingue e a alienação judicial não é nula e nem anulável. Acresça-se que o credor hipotecário pode comparecer ao concurso particular de preferência sem execução ajustada contra o devedor, enquanto que os demais credores devem estar aptos processualmente para receber o dinheiro.

Quem pode ficar com o imóvel hipotecado?

O fato é que o comprador, que pagou todo o preço do imóvel e nada deve á incorporadora, pode ficar com o imóvel hipotecado para o banco ao final do contrato. Casos há, tal como ocorrido com numerosos compradores da Encol, em que o imóvel nem mesmo foi totalmente construído, embora já estivesse hipotecado.

Qual a validade da hipoteca constituída?

A validade da hipoteca constituída pela incorporadora mediante autorização do adquirente do imóvel. A validade da hipoteca licitamente constituída, segundo o STJ. A divergência entre a Terceira e a Quarta Turma. O precedente criado pelo julgamento do REsp nº 171.421 em 06/10/98.

Qual o preceito das execuções hipotecarias?

3.1.Nas execuções hipotecarias, porém, vigora o preceito do art. 847 do CC, isto é, os outros credores poderão disputar preferência no tocante a eventuais sobras do pagamento hipotecário regularmente inscrito em primeiro lugar, só podendo ser pleiteada a invalidade da hipoteca respectiva por meio de ação ordinária. 3

LEIA TAMBÉM:   Qual o valor da multa da transacao penal?

Como funciona o empréstimo hipotecário?

Normalmente (embora nem sempre) os credores hipotecários são entidades bancárias que, se houver um incumprimento, têm o poder de iniciar a execução duma hipoteca perante o devedor hipotecário. Esse empréstimo hipotecário que concede direitos à hipoteca consiste em duas partes.

Quem é o detentor da hipoteca?

O detentor da hipoteca é a pessoa com o direito legal de exigir o pagamento sob execução duma hipoteca; É um procedimento privilegiado. Isso também se refere a um elemento ativo do balanço da empresa.

Quais são as taxas para hipotecas nos Estados Unidos?

Entretanto, de modo geral, as taxas tanto para esse empréstimo como para hipotecas ainda são altas no país. Para ter uma medida de comparação, nos Estados Unidos, as taxas ficam em torno de 4\% ao ano. Sendo que, em alguns casos, elas podem ser de apenas 2\% ao ano – bem diferente dos cerca de 9\% cobrados no Brasil em 2018, por exemplo.

Quais os juros da hipoteca?

Como todo tipo de empréstimo, a hipoteca não é diferente e possui juros e prazos de quitação da dívida. Os juros cobrados na hipoteca variam atualmente entre 12\% a 27\% ao ano. Estes valores estão muito próximos do consignado e bem abaixo dos juros do cartão de crédito e cheque especial, que variam de 90\% a 127\% ao ano.

Quais são as propriedades que podem ser hipotecadas?

De modo geral, a lista de bens e propriedades particulares que podem ser hipotecados inclui: Recursos naturais (matas, lavouras, gado, frutos pendentes, entre outros). Jurídica: ocorre por determinação da justiça. Devido aos valores que não foram pagos, o juiz solicita a hipoteca;

Quais são as características de um mercado?

Veja as características dele. A palavra mercado pode ser usada de várias maneiras e seu significado pode ser bem amplo. A definição mais comum de mercado é a seguinte: toda e qualquer situação onde exista oferta e procura, desta maneira as situações de compra e venda irão sempre caracterizar um mercado.

Qual é o valor de hipoteca?

VALOR DE HIPOTECA É lícito aos interessados fazer constar das escrituras o valor entre si ajustado dos imóveis hipotecados, o qual, devidamente atualizado, será a base para as arrematações, adjudicações e remições, dispensada a avaliação. PRORROGAÇÃO

Qual a obrigação garantida pela hipoteca?

A obrigação garantida pela hipoteca pode ser futura ou condicional (artigo 686º, nº 2, do Código Civil).

Qual o desdobramento da hipoteca?

Esse desdobramento da propriedade não afetou a hipoteca incidente sobre o imóvel visto que o seu registo é anterior ao registo dos direitos resultantes daquele desdobramento. A hipoteca repercute-se de modo diverso em função do direito real do autor da hipoteca.

https://www.youtube.com/watch?v=0DDP5TRcy7s

Como receber o reembolso da hipoteca?

Assim como no caso da hipoteca, o consumidor só recebe algum reembolso se o valor da venda for superior ao do total da dívida. “O mais comum é não receber nada ou quase nada, a não ser que o consumidor já tenha pago uma boa parte do financiamento”, diz Renata, do Procon-SP.

Qual é o modelo de segunda hipoteca?

Quando o proprietário do imóvel o adquiriu via hipoteca e utiliza seu bem como garantia para outro empréstimo, é chamado de segunda hipoteca, home equity ou second mortgage. Esse modelo ficou popular por oferecer um prazo de pagamento mais longo e por possibilitar um aporte maior de crédito.

Quando a hipoteca é extinta?

♦ Quando a divida for paga na totalidade, a hipoteca é extinta. Se o devedor não tiver um bem de valor suficiente para servir de garantia, pode hipotecar o bem de uma terceira pessoa, desde que esta o autorize. ♦ Durante todo o período da hipoteca, o devedor é o proprietário da casa e não o banco, que apenas tem a garantia.

O estudo da hipoteca poderá ser realizado analisando o conceito, características, requisitos, espécies, prazos, formas de extinção, tipos de cédulas e demais assuntos que venham nos explicar sobre a relação jurídica.

Como notificar as partes do leilão?

Uma vez recebida esta certidão o agente de execução deve notificar as partes do resultado do leilão, distinguindo-se aqui duas diferentes opções, dependendo de haver titulares de direito de preferência já conhecidos no processo (coproprietário, arrendatário, etc). 2.1. Decisão

Qual a praça e o leilão do Fórum?

Segundo José Carlos Barbosa Moreira (13), diferem a praça e o leilão em que: aquela se realizará no átrio do edifício do fórum; este, onde estiverem os bens, no lugar designado pelo juiz (art.686, § 2º);

Como é chamada a hipoteca nos Estados Unidos?

Nos Estados Unidos, a hipoteca (ou mortgage) é mais semelhante ao que nós conhecemos por financiamento imobiliário, pois é usada para comprar o primeiro imóvel. Quando o proprietário do imóvel o adquiriu via hipoteca e utiliza seu bem como garantia para outro empréstimo, é chamado de segunda hipoteca, home equity ou second mortgage.

Como os bens hipotecados podem ser penhorados?

Os bens hipotecados podem ser penhorados em execução movida por terceiro credor quirografário ou sub-hipotecário, desde que o devedor seja insolvente ou não possua outros bens além do gravado.

Qual a diferença entre a posse e a propriedade?

Por outro lado, a posse é um instituto mais limitado do que a propriedade, constituindo apenas uma situação de fato. Assim, aquele que detém a posse não detém o domínio do bem, uma vez que só é dono, quem registra.

Como proceder à venda de bens hipotecados?

Frequentemente, as pessoas que compram um imóvel com recurso a crédito à habitação com hipoteca sobre o imóvel pretendem posteriormente proceder à venda desse imóvel. Na verdade, os bens hipotecados podem ser livremente vendidos, sendo nula a cláusula que proíba o respetivo dono de alienar os bens hipotecados (pacto comissório).

VALOR DE HIPOTECA É lícito aos interessados fazer constar das escrituras o valor entre si ajustado dos imóveis hipotecados, o qual, devidamente atualizado, será a base para as arrematações, adjudicações e remições, dispensada a avaliação. PRORROGAÇÃO

ABRANGÊNCIA A hipoteca abrange todas as acessões, melhoramentos ou construções do imóvel. Subsistem os ônus reais constituídos e registrados, anteriormente à hipoteca, sobre o mesmo imóvel. É nula a cláusula que proíbe ao proprietário alienar imóvel hipotecado.

Quem é o adquirente do imóvel hipotecado?

ADQUIRENTE O adquirente do imóvel hipotecado, desde que não se tenha obrigado pessoalmente a pagar as dívidas aos credores hipotecários, poderá exonerar-se da hipoteca, abandonando-lhes o imóvel. O adquirente notificará o vendedor e os credores hipotecários, deferindo-lhes, conjuntamente, a posse do imóvel, ou o depositará em juízo.

Será que a hipoteca judicial é líquida?

Se a prestação não for líquida a hipoteca judicial pode ser registada pela quantia provável do direito de crédito. As sentenças estrangeiras também podem titular o registo de hipoteca judicial. Porém, exige-se que: – a Lei do País em que foram proferidas lhes reconheça igual valor.

Qual a particularidade da hipoteca?

Segundo Nelson Rosenvald e Cristiano Chaves, a particularidade da hipoteca consiste no fato de que “os atributos reais do direito de garantia encontram-se em estado gestacional, até o momento do adimplemento.

Qual a causa da extinção da hipoteca legal?

A hipoteca legal, no entanto, não tem prazo determinado, podendo ter duração enquanto perdurar a situação que lhe deu ensejo. Por fim, o artigo 1499 do Código Civiltraz as causas que levam à extinção da hipoteca. a) a extinção da obrigação principal (tendo em vista que a hipoteca é acessória);

O registro da hipoteca, inclusive, consta na matrícula do imóvel a fim de fazer a modalidade pública para casos judiciais. Ainda que o imóvel hipotecado seja o único da família, a instituição tem o direito de exigir a propriedade para o pagamento da dívida. Na hipoteca, não é necessário que o proprietário saia do imóvel.