Qual a taxa de juros q devemos cobrar ao emprestar dinheiro?

Qual a taxa de juros q devemos cobrar ao emprestar dinheiro?

É recomendado que se cobre juros compensatórios de até 1\% (um por cento) ao mês, ou 12\% ao ano, e caso sejam cobrados juros com percentuais superiores a este você poderá ter a negociação anulada por enriquecimento ilícito de acordo com a legislação.

Quanto um agiota pode cobrar de juros?

Os juros podem variar de acordo com a vontade de quem empresta (o agiota). Todavia, são mais comuns juros entre 10\% a 15\% com base no valor emprestado. Em alguns casos, esses juros são cobrados mensalmente.

Quem pode emprestar dinheiro e ganhar juros?

Quer emprestar dinheiro e ganhar juros? Você pode (e não é agiotagem) Consultor do Sebrae e advogado explicam a diferença entre cometer um crime e abrir uma empresa simples de crédito Desde maio, uma nova modalidade de negócio está regulamentada no Brasil. São as empresas simples de crédito que, em cinco meses, já somam 350 em todo o país.

LEIA TAMBÉM:   Quais sao as importancias dos fungos?

Posso emprestar dinheiro com cobrança de juros?

Não há lei que proíba o empréstimo entre pessoas físicas e sequer há limitações quanto à quantia a ser emprestada, para quem e porque motivo. Se você pretende emprestar dinheiro para alguém, de fato pode fazê-lo sem se preocupar em infringir alguma lei. Mas será que essa questão está, então, definida? Posso emprestar dinheiro com cobrança de juros?

Por que pedir empréstimo a familiares ou amigos?

Por vezes, ao serem confrontadas com uma despesa inesperada e de um valor demasiado alto para as suas capacidades financeiras, algumas pessoas vêem como opção pedir um empréstimo a familiares ou amigos, uma vez que dessa forma não está em causa o pagamento de juros e custos extra como no caso do crédito pessoal.

Como fazer um empréstimo de dinheiro por particulares?

É permitido fazer um empréstimo de dinheiro por particulares de forma legal, desde que se atente ao que é permitido pela legislação. O empréstimo pode ajudar ambas as partes, sendo um tomador que precisa de um dinheiro para uma emergência, ou sendo o cedente que pode ter um retorno do valor empresado como investimento.