O que e politica monetaria recessiva?

O que é política monetária recessiva?

A Política Monetária Restritiva refere-se à redução da oferta de moeda (base monetária) na economia, resultando em um aumento da taxa de juros. Como consequência, a política monetária contracionista provoca a redução da produção e dos níveis de emprego.

O que define a política monetária?

A Política Monetária é um conjunto de medidas adotadas para promover o controle da quantidade de moeda em circulação na economia. As medidas impactam diretamente na inflação e na taxa de juros do país, estimulando ou retraindo a economia dependendo do cenário que se apresenta.

Como o governo aumenta a base monetária?

Outra forma (e talvez a mais importante e mais comumente utilizada pelo BACEN) seria a negociação de títulos no mercado aberto, ou seja, para expandir a base monetária, o BACEN tem que recomprar títulos anteriormente vendidos.

LEIA TAMBÉM:   Qual o valor do FSH na menopausa?

Qual o tipo de política monetária?

Existem dois tipos de políticas monetárias: expansiva e restritiva. O tipo de política adotada é muito importante para os investidores, já que pode afetar o retorno dos investimentos. Primeiramente, os ativos de renda fixa são diretamente afetados de acordo com a mudança da taxa Selic.

Quais as medidas adotadas na política monetária?

Entre as principais medidas adotadas na política monetária pode-se citar o recolhimento compulsório (um depósito obrigatório que os bancos comuns devem realizar, conforme a conveniência do BC) e a alteração da taxa básica de juros.

Quem controla as políticas monetárias no Brasil?

No Brasil as políticas monetárias são executadas pelo Banco Central (BACEN) e são normalizadas pelo Conselho Monetário Nacional. Já as taxas de juros são controladas pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (COPOM).

Como a política monetária interfere na economia da nação?

Como a política monetária interfere ativamente na economia da nação, o conjunto de medidas tomadas impactam a sociedade no curto, médio e longo prazo. Sendo assim, a política monetária pode resultar no aumento do PIB, na geração de emprego e aumento do consumo.

O que é dominância monetária?

Dominância monetária é quando não há dúvidas em relação à sustentabilidade da dívida. Dessa forma, quando o Banco Central diminui a oferta de moeda no presente, não é possível fazer inferências sobre o que vai acontecer com a moeda no futuro.

O que é uma expansão monetária?

A inflação é a expansão monetária, pela impressão de moeda ou aumento da oferta de crédito. É o aumento da quantidade de dinheiro disponível na economia acima do crescimento da produtividade. Ou seja: num determinado momento há uma quantidade X de dinheiro e uma quantidade Y de bens e serviços disponíveis.

O que é dominância fiscal?

A dominância fiscal é um conceito de economia que descreve um quadro desfavorável na administração econômica de um país. Ela ocorre, em termos simples, quando há desequilíbrio entre a política monetária e a política fiscal do Estado.

É um instrumento de política fiscal?

Quais são os instrumentos da política fiscal? Os principais instrumentos da política fiscal são: Os gastos governamentais, que incluem os subsídios; A tributação, que é derivada da arrecadação de impostos.

LEIA TAMBÉM:   Quem tem queda de cabelo pode fazer tranca?

Quais os principais instrumentos da política monetária?

Para que haja um aumento ou redução da moeda em circulação, são utilizados os instrumentos da política monetária: depósito compulsório, redesconto e open market. Portanto, através desses três mecanismos, é possível aumentar ou reduzir a inflação interna.

Quais são os principais instrumentos da política monetária?

O Banco Central afirma que a Selic é o principal instrumento da política monetária, pois ela é a taxa de juros básica do país, e com isso passa a influenciar tanto as outras taxas praticadas no Brasil, quanto serve também como um instrumento de controle inflacionário.

O que é expansão e contração monetária?

A Expansão Monetária no Contexto Atual do Brasil. A Política Monetária, nada mais é do que um conjunto de medidas que o governo adota e que visa o controle da oferta da sua moeda na economia. O Banco Central pode tomar dois caminhos ao adotar determinada política monetária, o de expansão ou o de contração monetária.