Qual seria o setor da economia que esta relacionado na economia online de servicos?

Qual seria o setor da economia que está relacionado na economia online de serviços?

Ouça este artigo: Setor terciário (também conhecido como setor de serviços) é aquele que engloba as atividades de serviços e comércio de produtos. É um dos três setores da economia, os outros sendo o Setor Primário (agricultura, extração mineral, etc.)

Quais são os setores da economia com mais evidência na Europa Ásia e Oceania?

O setor primário, agropecuária e extrativismo, é o que menos contribui para economia europeia, sendo responsável por absorver cerca de 5\% da força de trabalho. O setor secundário, indústria, já foi o mais importante da Europa, mas perde importância frente ao setor terciário, de serviços e comércio.

Qual a importância dos serviços internos na economia?

Assim, essa parcela de serviços, classificada como serviços internos, além de exercer papel importante no desempenho desses outros setores da economia, também evidencia a crescente importância dos serviços como geradores de riqueza e empregos (LOVELOCK; WRIGHT, 2006, p. 7). CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE SERVIÇOS. Serviços: PIB e Segmentação.

LEIA TAMBÉM:   O que uma mulher precisa depois do parto?

Qual a importância do setor de serviços no Brasil?

O autor constata que o Brasil já é uma economia de Serviços e que tem 191 A importância do setor de serviços na economia brasileira •• grande influência sobre os demais setores. Sua conclusão aponta que o País teve aumento no consumo intermediário de Serviços ao longo do tempo, de manei –

Quais são os setores de serviços?

Apesar da natureza intangível dos serviços, muitos setores de serviços exigem grandes estruturas e equipamentos físicos, e consomem grandes quantidades de recursos. São exemplo disso os serviços de transporte, telecomunicações e o setor militar .

Qual é o conceito de serviço?

Um serviço é um produto da atividade humana que satisfaz a uma necessidade, sem assumir a forma de um bem material. Os serviços são atividades onde o consumidor não obtém a posse exclusiva da coisa adquirida (salvo o caso em que exista contrato de exclusividade).