Por que nao podem conceder o credito?

Por que não podem conceder o crédito?

No entanto, passado uns dias, dizem-lhe que não podem conceder o crédito pois o risco associado ao financiamento é demasiado elevado. Sabe o que fazer nesta situação? Se já se encontrou num cenário semelhante, então este artigo é para si.

Qual o primeiro aspecto a avaliar antes de conceder crédito?

O primeiro aspecto a avaliar antes de conceder crédito diz respeito à capacidade que o solicitante tem de arcar com seus compromissos e efetivamente pagar o empréstimo obtido. Mas como essa análise é feita?

Como é um título de crédito?

Nada mais é do que um título de crédito, composto por várias parcelas de vencimentos mensais. É um acordo entre você e seu cliente, sem intermediários. Embora não envolva taxas, há um risco inteiramente assumido por quem oferece o pagamento nesses moldes.

LEIA TAMBÉM:   Como fazer especializacao em faculdade federal?

Como solicitar um crédito pessoal para investir num projeto pessoal?

Imagine que pretende solicitar um crédito pessoal para investir num projeto pessoal. Terá de preencher os devidos formulários, entregar os documentos que lhe são solicitados e esperar pela resposta do banco. No entanto, passado uns dias, dizem-lhe que não podem conceder o crédito pois o risco associado ao financiamento é demasiado elevado.

Por que é mais arriscado conceder crédito para quem quitou dívidas?

Uma fonte do mercado disse que, normalmente, os bancos consideram mais arriscado conceder crédito para quem quitou dívidas após negociar descontos. Para os bancos, mesmo com o pagamento do valor acertado, esse cliente deixou um prejuízo.

Posso deixar seu cartão de crédito sujo?

Pode ser um financiamento de casa própria ou um simples cartão de crédito. Os serviços de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, não podem deixar seu nome sujo por mais de cinco anos. Mas os bancos fazem sua própria lista suja, com dados obtidos num serviço pouco conhecido do Banco Central.

Como o cliente pode pagar um empréstimo de volta?

Desta forma, o cliente compromete-se a pagar o empréstimo de volta dentro de um determinado prazo e mediante taxas de juro definidas pelo banco. No entanto, ao conceder um empréstimo, o banco está a correr um risco que se traduz na probabilidade de não reaver o dinheiro que emprestou.

Será que você está desobrigado de fazer troca ou devolução?

Depois do período de 90 dias, você está desobrigado de fazer qualquer procedimento de troca ou devolução. O Direito do Consumidor indica que, nesses casos, o fabricante que é responsável por solucionar o problema por meio de agências autorizadas.