Qual o prazo que o Detran tem para julgar um recurso?

Qual o prazo que o Detran tem para julgar um recurso?

Nos termos do artigo 285 e 288 do CTB, a autoridade de trânsito terá o prazo de 30 (trinta) dias, sem prorrogações, para julgar os recursos administrativos remetidos à JARI ou CETRAN.

Qual o prazo para defesa de autuação?

30 dias
Ainda conforme a legislação brasileira, na notificação de autuação, deverá constar o prazo para apresentação de defesa prévia, que não será inferior a 30 dias, contado da data de expedição da notificação.

Quanto tempo demora do resultado do JARI?

Já a JARI e o CETRAN possuem prazo previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) de 30 dias corridos. Entretanto, como os órgãos possuem uma demanda recursal volumosa, a demora é recorrente.

Quanto tempo o Detran tem para julgar um processo de suspensão?

De cinco anos entre a infração e a notificação de abertura do processo administrativo; De três anos entre a interposição do recurso e o seu julgamento; De cinco anos para a aplicação de fato da penalidade, após a conclusão do processo.

LEIA TAMBÉM:   O que acontece quando o reclamante sem justificativa deixa de comparecer por duas vezes a primeira audiencia em que deveria estar presente?

Como elaborar uma defesa de auto de infração?

299/2008 do CONTRAN, sua defesa de autuação ou recurso deve conter as seguintes informações: I – nome do órgão ou entidade de trânsito responsável pela autuação ou pela aplicação da penalidade de multa; II – nome, endereço completo com CEP, número de telefone, número do documento de identificação, CPF/CNPJ do …

Qual o prazo para recorrer ao Cetran?

trinta dias
DER/SP: Recursos CETRAN Online. Das decisões da JARI cabe recurso a ser interposto, na forma do artigo seguinte, no prazo de trinta dias contado da publicação ou da notificação da decisão.

Como fazer requerimento de defesa de autuação?

Você deve preencher o Formulário de Defesa da Autuação (Defesa Prévia) disponibilizado pelo DNIT e juntar a documentação solicitada. Formulário de Defesa datado e assinado. Cópia da CNH ou outro documento de identificação que comprove a assinatura que consta no Requerimento de Defesa.