Qual o impacto das glosas no faturamento hospitalar?

Qual o impacto das glosas no faturamento hospitalar?

No caso da glosa temporária, a instituição pode utilizar recursos que a reverta e possibilite reaver o valor faturado. Já uma glosa hospitalar definitiva não apresenta a possibilidade de recuperação do faturamento (total ou parcial), ocasionando a perda financeira permanente.

Quais os impactos das glosas hospitalares para as instituições de saúde?

Quais são os resultados gerados por elas? A perda de faturamento é o principal impacto negativo causado por essas recusas. Como as informações não são condizentes, a operadora de saúde se recusa a pagar o valor total ou parcial do procedimento.

São exemplos de glosas técnicas?

Exemplos de causas de glosas técnicas são:

  • falta de prescrição médica para procedimentos realizados;
  • descrição incompleta ou ausência de um procedimento no prontuário do paciente;
  • desatenção quanto aos medicamentos utilizados e falta de checagem com o nome e registro do profissional responsável pela sua administração.
LEIA TAMBÉM:   O que e uma experiencia memoravel?

O que é a glosa no faturamento hospitalar?

A glosa hospitalar – o não pagamento, por parte da operadora, de procedimentos, valores, materiais, medicamentos, diárias e demais serviços – é uma preocupação recorrente na Saúde Suplementar. É tema de cursos em instituições de ensino, movimenta profissionais dedicados e gera custos financeiros e administrativos.

O que é glosa de faturamento?

Glosas são faturamentos não recebidos ou recusados nas organizações de saúde, por problemas de comunicação entre clínicas e convênios. Em geral, as glosas acontecem quando as informações sobre um atendimento, fornecidas pelo prestador, não batem com o registro no banco de dados do plano de saúde.

Quais são os tipos de glosas?

Os três tipos mais comuns são: glosas administrativas, técnicas, lineares.

O que são glosas técnicas?

Glosas técnicas: são as glosas registradas quando algum procedimento médico é contestado e se faz necessária a avaliação de um Auditor Técnico. Podem ocorrer quando há inconsistência dos dados e métodos aplicados no atendimento do paciente, desde o período de internação aos medicamentos utilizados.

LEIA TAMBÉM:   E vantagem investir em previdencia privada?

Quais são os benefícios da auditoria de contas hospitalares?

Cabe aos profissionais da saúde entender que a auditoria de contas hospitalares proporciona grandes benefícios para a instituição, para o cliente e a sociedade como um todo, tais como: fornecer informações efetivas para pagamento dos materiais, medicamentos, órteses, próteses e procedimentos efetivamente realizados.

Qual a importância da gestão hospitalar?

Também é essencial ter os materiais disponíveis e atender às regras do setor de saúde. É por isso que a Gestão Hospitalar é tão importante. Essa área envolve o gerenciamento de recursos, de pessoas e de diversas atividades.

Como está o mercado de trabalho de Gestão Hospitalar?

Como está o mercado de trabalho de Gestão Hospitalar? Ao falar em Gestão Hospitalar, é bom enfatizar que a área não se restringe a hospitais. São diversos os ambientes que são voltados para o cuidado da saúde. Alguns exemplos de estabelecimentos que compõem o mercado de trabalho são as clínicas, maternidades, casas de repouso e centros de estética.

Qual o papel dos meios digitais na gestão hospitalar?

Além disso, a gestão hospitalar implementou várias soluções digitais, contando com a geração de dados para analisar e prever demandas, além de transferir a força de trabalho para o remoto. Assim, os meios digitais oferecem um papel essencial em uma resposta abrangente a pandemias e surtos, complementando as medidas convencionais de saúde.

Como contar os dias de internação?

Dias de Permanência São contados os dias entre a baixa e a alta. Exemplo: internação = 15/02/2003; alta = 18/02/2003; dias de permanência = 3. Nota: este valor não pode ser utilizado para calcular a ocupação da unidade hospitalar, por incluir períodos fora do mês e os períodos em que o paciente utilizou UTI.

Como funcionam as AIH?

O que é a Autorização de Internação Hospitalar (AIH)? Levando isso em consideração, esta autorização é gerada ao ocorrer de alguma internação em um local que tenha convênio com o sistema, seja ele um prestador público ou privado. Assim que pronta, ela é enviada ao gestor da unidade que está prestando os serviços.

Quais os impactos das glosas nas instituições de saúde?

Como calcular o tempo de permanência hospitalar?

Dito isso, a fórmula que deve ser aplicada é:

  1. Taxa de ocupação hospitalar = (número de pacientes por dia / número de leitos por dia) x 100.
  2. Tempo médio de permanência = (pacientes que deram entrada por dia, em determinado período / saídas nesse mesmo período) x 100.