Quais sao os atos atentatorios a dignidade da Justica?

Quais são os atos atentatórios à dignidade da Justiça?

Considera-se ato atentatório à dignidade da jurisdição todo e qualquer comportamento, comissivo ou omissivo, que possa atrapalhar, retardar, tentar fraudar ou fraudar, reduzir a respeitabilidade e a importância social do sistema judiciário.

Como alegar litigância de má-fé?

Para que uma pessoa possa ser condenada por litigância de má-fé, são necessários alguns elementos:

  1. A conduta deve ser amoldada em alguma das hipóteses descritas nos incisos do art. 80 do CPC;
  2. A conduta deve ter gerado algum tipo de prejuízo à outra parte;
  3. Deve ser dado direito de defesa ao suposto litigante de má-fé.

Para quem vai a multa por ato atentatório à dignidade da justiça?

Já nos casos de ato atentatório à dignidade da justiça (previsto no art. 77, §2º/CPC), o credor será o Estado. A referida multa é aplicável a todos os sujeitos, processuais e terceiros, salvo os advogados, membros da Defensoria Pública e do Ministério Público.

LEIA TAMBÉM:   O que significa um ramo de flores?

O que é ato protelatório?

A aplicação de sanção pela prática de ato meramente protelatório pressupõe a caracterização, de forma inequívoca, de que uma das partes tenha agido, dolosamente, com o intuito de retardar o andamento do processo, o que não se verifica no caso dos autos.

Quando posso alegar Litigancia de má fé?

A litigância de má-fé se configura quando a parte deduzir pretensão ou defesa contra texto expresso de lei ou fato incontroverso; alterar a verdade dos fatos; usar do processo para conseguir objetivo ilegal; opuser resistência injustificada ao andamento do processo; proceder de modo temerário em qualquer incidente ou …

O que caracteriza a Litigancia de má fé?

A litigância de má-fé ocorre quando uma das partes envolvidas (litigantes) age, voluntária e conscientemente, de forma desleal e maldosa, impondo empecilhos para atingir/modificar o resultado processual.

Quando acontece o processo de falência?

Na terceira fase acontece a liquidação, onde os ativos vendidos pagam as dívidas, finalizando o processo de falência. O processo da falência pode acontecer durante o período que a empresa também passa por Recuperação Judicial, que também é regulada pela Lei da Falência.

LEIA TAMBÉM:   Quanto maior o valor da concentracao menor e o grau de concorrencia entre as empresas e mais concentrado estara o poder de mercado da industria?

Será que o processo de falência poderá ocorrer durante a recuperação judicial?

Esse processo de falência também poderá ocorrer durante a Recuperação Judicial, que também, é regulamentada pela Lei de Falências, e trata-se de uma tentativa de reorganizar a situação da empresa, para evitar a falência.

Qual o princípio do pedido de falência?

O pedido de falência tem como princípio a satisfação de todos os credores, de modo que cada um receba proporcionalmente parte do patrimônio restante, conforme o montante em dívida.

Quando é feita a declaração da falência?

Inicialmente, é feita a declaração da falência. Quando esta declaração é solicitada por algum credor, será feita a citação da empresa falida para que possa defender-se. Caso seja solicitada pelo próprio devedor, o juiz analisando o pedido, poderá declarar imediatamente a falência através de sentença.