Quais as tendencias para o mercado de E-commerce no Brasil para os proximos anos?

Quais as tendências para o mercado de E-commerce no Brasil para os próximos anos?

Fatores como comodidade, variedade e preços atrativos ajudam a explicar esse sucesso. E os números provam que comprar on-line é algo que veio para ficar: só no primeiro trimestre de 2021, foram realizadas 78,5 milhões de compras na internet, um aumento de 57,4\% em comparação ao mesmo período do ano passado.

O que esperar do E-commerce em 2021?

A Confederação Nacional do Comércio (CNC) estima que a mudança nos hábitos de compra dos brasileiros com a pandemia pode fazer com que o e-commerce (comércio eletrônico) encerre 2021 com um crescimento de 38\%. Em faturamento, Fábio Bentes, economista da CNC, espera algo em torno de R$ 304 bilhões para o setor.

Quais são os fatores mais críticos para a FMCG?

Sónia Antunes, Managing Director da Kantar Worldpanel Portugal afirma: “À medida que a pressão para manter e aumentar o crescimento se intensifica para os fabricantes FMCG, a base de expansão de consumidores da marca e o aumento significativo da sua fidelidade são fatores mais críticos do que nunca.

LEIA TAMBÉM:   Qual a importancia de um professor?

Quais são os fatores que mudam a demanda?

Outras coisas que mudam a demanda incluem gostos e preferências, a composição ou tamanho da população, o preço de bens relacionados, e até mesmo as expectativas. Uma mudança em qualquer um dos fatores subjacentes que determina qual quantidade as pessoas estão dispostas a comprar a um determinado preço irá causar uma mudança na demanda.

Será que o preço de um bem afeta a demanda?

Enquanto é claro que o preço de um bem afeta a quantidade demandada, também é verdade que as expectativas sobre o preço futuro—ou expectativas sobre gostos e preferências, renda, e assim por diante—podem afetar a demanda.

Qual o fator que afeta a curva de demanda?

O preço não é o único fator que afeta a quantidade demandada. Curvas de demanda podem se deslocar. Mudanças em fatores como renda média e preferências podem fazer com que uma curva de demanda inteira se desloque para a direita ou esquerda.