Porque valorizar o comercio local?

Porque valorizar o comércio local?

Ao comprar no Comércio Local, promovemos o desenvolvimento do município, contribuindo para o aumento de novos postos de trabalho, recolhendo impostos municipais e gerando mais investimentos em diversas áreas. As opções são diversas e vale a pena darmos prioridade ao Comércio Local.

O que significa comércio local?

Os negócios locais são o combustível de toda a economia, e promover esse tipo de consumo gera ganhos para toda a região, pois ajuda a estabelecer um comércio mais justo, desde o pequeno agricultor até o restaurante da esquina, criando mais empregos e melhor distribuição de renda.

Qual a origem da palavra comércio?

Do ponto de vista etimológico, a palavra comércio tem sua origem no latim, mais especificamente nas raízes “cum” que significa juntamente e “merx” mercadoria. Portanto, pode-se dizer que o conceito comércio equivale à negociação entre pessoas de certas mercadorias. Origem histórica do comércio

Como foi a expansão do comércio?

Esta tendência foi acrescida conforme o avanço das sociedades, pelo aumento de suas necessidades e dos quais apenas poderiam ser satisfeitos através do comércio. Muitos povos encontraram no comércio uma forma de expansão, chegando a vender seus produtos em territórios bem distantes, como foi o caso dos fenícios, dos chineses e dos hebreus.

LEIA TAMBÉM:   Quem conquistou o direito de voto feminino?

Como a invenção do dinheiro contribui para o desenvolvimento do comércio?

A invenção do dinheiro contribuiu para a simplificação e promoção do desenvolvimento do comércio. O comércio pode estar relacionado com a economia formal que é firma registrada dentro da lei ou à economia informal que são firmas sem registros que não pagam impostos.

Como o comércio atacadista vende produtos em grandes quantidades?

O comércio atacadista vende produtos em grandes quantidades visando donos de mercados que recebem descontos maiores por ainda revenderem a mercadoria enquanto o varejista vende produtos unitários e visa os consumidores finais para o próprio consumo do produto. Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico?