O que e a competicao predatoria?

O que é a competição predatória?

É aquela que não nos afasta da família e dos amigos, que não é construída diante da desgraça alheia, que não sacrifica a nossa liberdade de expressão e de pensamento, que não expõe os nossos instintos mais primitivos. Na medida em que o mundo evolui, a competição torna-se implacável, dura, chega a ser insana.

O que é competição solidária?

Trata-se de uma visao humanizada da competitivdade, baseada na tese de que o ser humano desde sempre trava consigo mesmo uma batalha permanente com a perfeição e o encontro com os valores de sua reumanização.

O que a competição pode trazer?

Podemos perceber, portanto, que na competição interespecífica as consequências podem ser graves, caso os hábitos de vida de uma espécie sejam muito parecidos com os de outra. A competição pode ocasionar a migração de uma das espécies para outra área e até mesmo a extinção de uma delas.

Quais são os predadores?

Tipicamente, os predadores são carnívoros que se alimentam de animais herbívoros, mas podem também ser onívoros. Geralmente possuem os dentes afiados que ajudam na matança. Esses dentes podem ser pequenos em números, como nos tubarões, ou onças e outros felinos.

LEIA TAMBÉM:   E reconhecida aos navios de todas as nacionalidades o direito de passagem inocente no mar territorial brasileiro?

Qual a taxa de crescimento da população de predadores?

A taxa de crescimento da população de predadores também depende da: 1) taxa de natalidade (faPN), que depende: da taxa na qual o alimento é consumido (aPN); e da eficiência do predador (f), quanto a transformar este alimento em prole do predador dP = faPN –qP (2)

Qual a semelhança entre predadores e parasitos?

Fundamentalmente entre predadores, pastejadores e parasitos, a semelhança é que cada um, na obtenção dos recursos de que necessita, reduz a fecundidade ou as chances de sobrevivência da presa e, portanto, pode diminuir a abundância dela.

Qual a classificação de predadores em relação à dieta?

Alguns critérios de classificação incluem a escolha das presas (sempre com relação custo-benefício mais favorável) e a coevolução ou pressão seletiva para o desenvolvimento de ambas as espécies (especialização x generalização). Vieira nos apresenta a seguinte classificação de predadores em relação à dieta: