E correto afirmar que a LGPD e uma lei minuciosa quanto a seguranca da informacao?

É correto afirmar que a LGPD é uma lei minuciosa quanto à segurança da informação?

Precisamente sobre a LGPD podemos afirmar com certeza de que não se trata de uma lei cujo o escopo seja a segurança da informação, já que sua principal preocupação é mais ampla: a privacidade dos titulares de dados pessoais. Não é, portanto, uma lei que trate de segurança da informação, senão de forma tangencial.

Em qual lei foi baseada a LGPD?

Lei nº 13.709/2018
A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD ou LGPDP), Lei nº 13.709/2018, é a legislação brasileira que regula as atividades de tratamento de dados pessoais e que também altera os artigos 7º e 16 do Marco Civil da Internet.

Onde ler a LGPD?

Lgpd Lei Geral De Proteção De Dados Pessoais – Manual De Implementação | Amazon.com.br.

LEIA TAMBÉM:   Como lidar com a demencia?

Qual a lei que obriga as empresas financeiras e de crédito no Rio de Janeiro?

No Rio de Janeiro, por exemplo, a Lei 2.868/1997 obriga a todas as empresas financeiras e de crédito, inclusive as de natureza bancária, sediadas no Estado, a fornecer as razões das negativas ou indeferimentos de financiamentos, por escrito, em documento hábil, emitido em papel timbrado da empresa.

Qual a legislação aplicável à cédula de Crédito Industrial?

(Vide Lei nº 8.402, de 1992) Art 3º Serão aplicáveis à Cédula de Crédito à Exportação, respectivamente, os dispositivos do Decreto-lei número 413, de 9 de janeiro de 1969, referente à Cédula de Crédito Industrial e à Nota de Crédito Industrial. (Vide Lei nº 8.522, de 1992)

Qual a Lei de acesso à informação?

Sobre a Lei de Acesso à Informação – LAI. A Lei nº 12.527 – Lei de Acesso à Informação (LAI) – foi promulgada em 18 de novembro de 2011 e entrou em vigor seis meses depois, sendo regulamentada pelo Decreto nº 7.724, de 16 de maio 2012. A LAI é resultado de um esforço da Administração Pública de trazer mais transparência ao Governo e de

LEIA TAMBÉM:   Como se faz um roteiro passo a passo?

Qual o motivo da recusa em conceder crédito?

As empresas na maioria dos casos não apresentam justificativas ou razões claras para a recusa em conceder o crédito, porém, você tem o direito de saber o motivo da negativa conforme assegura o Código de Defesa do Consumidor. Crédito é confiança.